18.6.10

Uma singela homenagem


Gente, este espaço é sobre decoração, mas também é sobre vida, certo? Sendo assim, quero fazer uma homenagem singela, INSIGNIFICANTE mesmo, mas com muito carinho, a uma vida, uma história que encontrou seu "The End". Faleceu hoje, o maravilhoso, fantástico e inesquecível escritor português ganhador do Prêmio Nobel de Literatura JOSÉ SARAMAGO, aos 87 anos de idade. Ao saber de sua morte, chorei. Confesso que senti muito, muito mesmo e ainda me sinto emocionada. Claro que não o conheci pessoalmente, mas, que ele me permita lhes dizer isso: conheci um pouco da sua alma. Em muitas de suas obras, Saramago demonstrou sua paixão pela figura feminina e sempre acreditou na alma e na força da mulher, além de ser, óbvio, um escritor tão fantástico, tão maravilhoso, que não tenho palavras para descrever sua obra - nem poderia, pois qualquer descrição seria pobre.


Saramago, meu querido, embora você não acreditasse na vida após a morte, torço muito, muito, muito para que estivesse equivocado sobre este assunto; pois desejo que estejas aí agora, do outro lado, na outra ponta do novelo, a contar suas inesquecíveis histórias - RIP


Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário